Código Café     



25/07/2023 17:37:48

Cafés Raros e Caros: O Black Ivory da Tailândia

O café Black Ivory, com sua origem inusitada e sabor singular, é um exemplo fascinante de como a busca pela xícara de café perfeita pode nos levar a aventuras inesperadas.

Cafés Raros e Caros: O Black Ivory da Tailândia

Para os entusiastas do café, a procura por uma xícara perfeita pode levar a lugares inesperados, até mesmo à exótica e longínqua Tailândia. Embora esta nação do Sudeste Asiático seja conhecida por suas praias deslumbrantes e cultura rica, ela também abriga um dos cafés mais raros e caros do mundo - o Black Ivory. Este café não é apenas cultivado nas regiões montanhosas do norte da Tailândia, mas também passa por um processo único de fermentação... no estômago de um elefante. A jornada do café Black Ivory começa com a escolha dos melhores grãos de café Arábica, cultivados organicamente em altitudes de cerca de 1500 metros. Esses grãos são então misturados com uma variedade de frutas e arroz, que são consumidos por elefantes asiáticos resgatados em um santuário. A digestão natural do elefante ajuda a quebrar as proteínas do grão - a principal causa de amargor no café - e permite que os sabores frutados e florais da dieta do elefante infundam o grão. Após a ingestão, os grãos passam entre 15 a 70 horas no sistema digestivo do elefante antes de serem excretados. Depois, vem o trabalho árduo: os tratadores de elefantes e seus ajudantes recolhem manualmente os grãos das fezes dos elefantes, um processo meticuloso que garante que apenas os grãos perfeitamente fermentados sejam selecionados. Os grãos coletados são então lavados e secos ao sol. Finalmente, são torrados à mão em pequenos lotes, para garantir a máxima qualidade e frescor. O resultado é um café extremamente raro - são necessários 33 kg de grãos de café para produzir apenas 1 kg de Black Ivory, e a produção anual é de apenas cerca de 150 kg. Depois de todo esse processo, o que se pode esperar do sabor do Black Ivory? Os apreciadores do café descrevem a bebida como uma experiência sensorial única, com um sabor delicado, notas de chocolate, malte, especiarias, um toque de grama e, às vezes, até mesmo cereja ou framboesa. O café é excepcionalmente suave, sem o amargor característico encontrado em muitas variedades de café. A raridade, a produção limitada e o processo trabalhoso fazem do Black Ivory um dos cafés mais caros do mundo, chegando a custar até $500 por libra. No entanto, aqueles que tiveram a chance de provar afirmam que a experiência única vale cada centavo. Além disso, a produção do Black Ivory apoia os esforços de conservação de elefantes na Tailândia, proporcionando empregos para os tratadores de elefantes e contribuindo para a economia local. O café Black Ivory, com sua origem inusitada e sabor singular, é um exemplo fascinante de como a busca pela xícara de café perfeita pode nos levar a aventuras inesperadas. Ele personifica a incrível diversidade do mundo do café e serve como um lembrete de que, às vezes, a melhor xícara de café pode ser encontrada nos lugares mais surpreendentes.

1

Black Ivory Coffee

Naturalmente refinado por elefantes, o Black Ivory Coffee (também conhecido como café de esterco de elefante) é o café mais raro e caro do mundo.

Saiba mais


Posts relacionados


Posts mais recentes


Mais Pesquisadas


Mais lidas


Categorias



mReviews LogoREVIEWS